Notícias


A perda auditiva e o idoso

05/05/2021

Envelhecer não é uma tarefa fácil. Aos poucos, vamos observando as mudanças impostas pelo corpo... pele, cabelos, articulações, visão e muitas vezes, nossa audição. A perda auditiva geralmente surge gradativamente, e quando não tratada, irá causar um grande impacto na qualidade de vida do idoso. A dificuldade para ouvir afeta os relacionamentos familiares, causa privação social e reduz os hábitos de lazer (cinema, restaurantes, TV, teatro...). Aos poucos, ela vai conduzindo o idoso para o isolamento social e a depressão. Ouvir bem é importante para manter nosso cérebro conectado. A falta de estímulo já é responsável pelo aparecimento de problemas cognitivos como alterações de memória e até doenças como o Alzheimer. Se você é filho ou familiar de um idoso com perda auditiva, faça o possível para que a surdez seja tratada o quanto antes.